27 de fev de 2014

Tornado em Campinas: um novo risco para a Mata Santa Genebra

No dia 14 de janeiro de 2014, um tornado da categoria F0 da escala Fujita, com ventos de mais de 100 km/h (registrados pelo Centro de Pesquisas Aplicadas à Agricultura - Cepagri - da Unicamp), causou a derrubada centenas de árvores no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. Na Área de Relevante Interesse Ecológico Mata de Santa Genebra, uma Unidade de Conservação federal localizada no distrito, aproximadamente 200 árvores de espécies nativas foram ao chão (BACCHETTI, 2014a, 2014b).


Recorte do mapa de riscos da Bacia do Ribeirão das Pedras com destaque para os riscos envolvendo a Mata Santa Genebra
Fonte: Dagnino (2007)

Pesquisadores e funcionários da Fundação José Pedro de Oliveira, responsável pela área protegida, trabalham na identificação de espécies afetadas pelo tornado. Devido à existência de áreas de difícil acesso, não é possível quantificar exatamente a vegetação afetada (logo depois do tornado surgiram informações de que seriam 200 árvores), mas sabe-se que entre as espécies atingidas estão o pau-jacaré, guarantã, capixingui, caixeta, canela-frade, ingá, guaritá, assa-peixe, canjarana, jequitibá-rosa e canxim (BACCHETTI, 2014a, 2014b).

Sem dúvida, esse tornado corresponde a um risco que nunca havia sido registrado na Mata Santa Genebra, embora saiba-se da existência de tornados em Campinas (CANDIDO, 2012). Porém, até agora, os riscos documentados e mais comuns na região da mata e nos palimpsestos e remanescentes vegetais nas proximidades não tratavam de eventos climáticos extremos como esse. Eram relacionados à retirada e queimada de vegetação na mata, ao aterramento de nascentes de água dentro da área e ao lançamento de esgoto proveniente de residências localizadas no entorno (SERRÃO, 2002; DAGNINO, 2007).

Árvores tombadas na Mata Santa Genebra após a passagem do Tornado
Fonte: BACCHETTI (2014b)
Crédito: Carlos Sousa Ramos/AAN



Referências

BACCHETTI, Bruno. Equipe estuda riscos na santa genebra. Correio Popular, Cidades, A11, Campinas, 22 de fevereiro de 2014.

BACCHETTI, Bruno. Pesquisadores buscam novas áreas atingidas por tornado. Correio Popular, On-line, 20/02/2014. Disponível em: <http://goo.gl/pPc8tD>. Acesso em 26 de fevereiro de 2014.

CANDIDO, D. Tornados e trombas d'água no Brasil: modelo de risco e proposta de escala de avaliação de danos. Tese (doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências. Orientadora: Lucí Hidalgo Nunes. Disponível em: <http://goo.gl/YJXnAs>. Acesso em 26 de fevereiro de 2014.

DAGNINO, Ricardo de Sampaio. Riscos ambientais na bacia hidrográfica do Ribeirão das Pedras, Campinas/São Paulo. Co-Orientador: Salvador Carpi Junior. Campinas, SP : [127p.+Anexos], 2007. Disponível em: <http://goo.gl/MjwNC>. Acesso em 26 de fevereiro de 2014.

SERRÃO, Silvia. Para além dos domínios da mata, uma discussão sobre o processo de preservação da Reserva da Mata Santa Genebra, Campinas/SP. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas – Faculdade de Educação. Campinas: 2002. Orient.: Hilário Fracalanza; Co-orient.: Antonio Carlos Rodrigues de Amorim.

Links relacionados

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...